BOLAS

Para escolher uma ótima bola de tênis, primeiro pense se precisa de um modelo de treinamento ou profissional. Também verifique se ela pode ser usada em diferentes quadras, se a compressão é normal ou reduzida, se é aprovada pela ITF e em qual embalagem ela é comercializada. As fabricantes diferenciam as bolas de tênis entre profissionais e de treinamento, conforme os materiais e a tecnologias usadas na fabricação. 
A bola de tênis é composta por um núcleo de borracha e um revestimento em feltro, que, por definição, deve ter uma cor chamativa, entre verde e amarelo fluorescente. Nas bolas de treinamento geralmente são usados materiais sintéticos, que duram menos, mas oferecem uma boa experiência para o jogador.


Essas bolinhas entregam menos controle do que as versões profissionais. Contudo, para quem está começando a jogar ou é tenista em nível intermediário elas são ótimas opções, pois como são mais baratas fica mais fácil repor e montar um estoque para treinar as jogadas.

As bolas de tênis profissionais são geralmente desenvolvidas com materiais naturais, para entregar máxima durabilidade e controle. O investimento em uma bola desse tipo é mais alto, contudo, você poderá jogar várias partidas utilizando elas, sem que percam o desempenho.


A tecnologia utilizada proporciona o controle necessário para os jogadores mais técnicos. Essas bolinhas obedecem com precisão os movimentos do jogador, além disso, se adaptam facilmente às quadras, entregando maior ou menor velocidade durante as partidas.